Contato

5 erros de gestão de estoque para evitar na sua empresa de confecção

A gestão de estoque é uma área de muita importância para as empresas, principalmente as que têm vendas relacionadas ao seu ramo de atuação. Porém, a necessidade de um controle mais rigoroso não se dá apenas pela influência sobre o setor comercial, visto que os resultados também afetam a gestão financeira do negócio.

Portanto, os processos devem ser melhorados a todo custo. Quer conhecer alguns erros e entender como eles afetam os resultados da sua empresa? É só continuar a leitura e conferir agora mesmo!

1. Deixar de registrar as movimentações

É muito importante controlar todas as entradas e saídas que acontecem no estoque, bem como as movimentações internas. Esse tipo de informação ajuda a acompanhar melhor as quantidades disponíveis e a identificar o giro de cada item. 

2. Não fazer uma previsão de demanda

A previsão de demanda é a análise que ajudará a elaborar uma estimativa de consumo para os próximos períodos. Normalmente ela é feita considerando o histórico de vendas e a atual situação de mercado. Assim, o setor de compras tem informações mais assertivas a respeito de quais itens, em quais quantidades e frequências devem ser comprados.

Além disso, é preciso considerar os picos de sazonalidade que fazem as vendas aumentarem para que seja possível se programar e evitar que os itens faltem no estoque.

3. Desconhecer o giro dos produtos

O giro de um produto é o tempo que ele fica disponível em estoque até que seja vendido. Conhecer essa informação também é importante para uma gestão de estoque mais eficiente e eficaz. Além de o setor de compras ter ainda mais informações para realizar as aquisições — evitando faltas e excessos —, o capital de giro passa a ser mais bem empregado, visto que deixa de ser gasto com itens que têm pouca, ou nenhuma, saída.

4. Não controlar e desconhecer os custos operacionais

Identificar e controlar todos os custos que envolvem a operação de estoques — como o custo dos produtos, de mão de obra, aluguel e equipamentos, por exemplo — é crucial para uma boa gestão, além de influenciar nos resultados financeiros.

É por meio deles que se consegue estabelecer uma precificação adequada. Quando os custos não são totalmente identificados, a margem de lucro é comprometida, além de aumentar o risco de a empresa operar com prejuízos.

5. Fazer a gestão de estoque por meio de controles manuais

O fluxo de dados e informações que são gerados diariamente é muito grande, além dos controles e acompanhamentos que devem ser feitos. Portanto, um dos maiores erros da gestão de estoque que deve ser evitado é a realização de controles manuais.

Eles aumentam os riscos de erros e diminuem a confiabilidade e a segurança da informação. Nesse caso, o ideal é contar com um sistema de gestão que automatize as atividades e ainda auxilie o gestor no processo de tomada de decisão, por meio da geração de relatórios.

Existe uma série de erros na gestão de estoque que podem — e devem — ser identificados e corrigidos pelo gestor. O melhor meio de conseguir apontá-los ainda é realizando o mapeamento de processos e envolvendo a equipe, solicitando ideias a respeito do que pode ser feito para melhorar as rotinas de trabalho.

Gostou desse artigo? Quer continuar acompanhando outros conteúdos como esse? Então assine a nossa newsletter e receba as novidades em primeira mão!

Compartilhar

Fazer um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *