Contato

5 formas de destacar a sua confecção no mercado durante a crise

A crise econômica pegou de jeito os empresários brasileiros. Pouco crédito, vendas em baixa, insumos inflacionados e outras dificuldades jogaram o resultado das empresas nacionais para baixo.

Se você tem uma confecção, sabe bem o que é isso, pois ainda é preciso lidar com outros fatores: além da alta carga tributária para o setor, há a concorrência dos produtos estrangeiros que, mais baratos e com menor qualidade, invadiram as lojas brasileiras e seduziram os consumidores.

Mas as crises também podem trazer oportunidades de crescimento para aqueles que sabem como se diferenciar. Assim como você, a concorrência também está em baixa e, quem conseguir subir um degrau a mais, certamente terá frutos a colher em pouco tempo!

Veja aqui 5 formas de destacar sua confecção no mercado durante a crise. Conheça! 

 

1. Aprimore a gestão de processos

Processos burocráticos e mal desenvolvidos consomem uma parte considerável da sua margem de lucro. Você já parou para pensar que pode estar gastando muito mais do que o necessário com logística, transporte, estocagem e até mesmo vendas?

A maior aliada para a otimização da gestão de processos é a integração entre os setores da sua confecção. Atualmente, você pode encontrar ferramentas eletrônicas que permitem que as informações circulem mais rapidamente entre as áreas.

Veja, por exemplo, quanto tempo e dinheiro você perde devido à falta de comunicação entre setores como vendas e estoque, ou transporte e logística.

Uma boa solução pode ser a adoção de um ERP (Enterprise Resource Planning). Trata-se de um software que organiza todos os processos da sua empresa, possibilitando melhorias na comunicação entre os setores da organização. 

2. Melhore seu sistema de pedidos

Muitas vezes, as empresas registram os pedidos de compras em planilhas manuais ou até mesmo em documentos físicos, em papel. Isso causa demora no fechamento dos negócios e, muitas vezes, até mesmo perda de vendas importantes.

A gestão de vendas é uma das áreas mais importantes da empresa e precisa ser informatizada o mais rápido possível. Você pode fazer isso utilizando um CRM (Customer Relationship Management), uma ferramenta online que pode ser usada pela equipe comercial para abordar o cliente, permitindo uma gestão completa dos clientes da empresa. 

3. Fortaleça a marca

Quem não é visto, não é lembrado. Mas não se desespere com essa frase: para fazer com que a sua marca apareça entre os consumidores, não é mais necessário optar apenas por anúncios onerosos em mídias tradicionais, como TV, jornais e rádio.

Felizmente, a Internet oferece diversas formas de exposição da marca, permitindo que você atinja seu público de forma mais direta e efetiva. É possível criar conteúdos relevantes para seu site ou blog, fazer ações junto a influenciadores digitais e utilizar as redes sociais para falar diretamente com o seu público. Assim, você cria uma reputação positiva para a sua marca junto aos seus consumidores. 

4. Crie ofertas especiais

Se a crise está dificultando a sua vida, saiba que o seu cliente está passando pelo mesmo problema. Portanto, se você quer continuar vendendo, é hora de colocar a cabeça para funcionar e criar ofertas especiais em artigos específicos, diminuindo preços ocasionalmente.

Estude o seu estoque de materiais para criar promoções diferenciadas, que sejam interessantes para você e para seus clientes. Outra sugestão é flexibilizar as formas de pagamento, possibilitando um aumento no número de pedidos. 

5. Mantenha o foco no mercado

É importante analisar os relatórios de suas vendas de tempos anteriores e estabelecer uma relação entre o que é ofertado e o que é, de fato, procurado pelo consumidor. Um sistema de BI (Business Intelligence) pode ajudá-lo a levantar as informações mais relevantes.

Procure manter o foco no mercado, tendo em mente que produtos ou serviços que não foram vendidos em anos bons, muito provavelmente, continuarão sem vendas em tempos de crise.

É muito importante que você tenha um canal aberto com os lojistas, para identificar o que é mais consumido e ajustar o seu timing de produção, oferecendo o produto certo na hora certa. 

Agora que você já sabe como destacar sua confecção durante a crise, é hora de começar a investir. Aproveite e leia mais sobre como calcular o ROI da sua confecção

Compartilhar

Fazer um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *