Contato

Controle de estoque de tecidos: 3 práticas que vão facilitar sua confecção

Comprar e estocar, embora pareça uma prática simples, faz com que muitos empreendedores acabem tendo sérios problemas no capital de giro quando os itens parados nas prateleiras não recebem uma atenção especial.

Rolos de tecidos sem uso, padronagens de coleções passadas, amostras, retalhos e pedaços que acabam destinados ao “cantinho das sobras”: quem nunca se deparou com uma linha de produção assim? Mas entenda que essa situação representa, em quase todos os casos, um grande desperdício!

O fato se complica ainda mais quando o empresário não tem controle das entradas e saídas de seu estoque. Imagine o tempo que um funcionário gasta para encontrar determinado tecido e, se tiver sorte de achá-lo, ter que retirar rolo sobre rolo até chegar naquele que precisa!

Por isso, levantamos 3 dicas de controle de estoque de tecidos para otimizar a rotina da sua confecção. Vamos lá?

 

Comece organizando as prateleiras

Estoque parado é dinheiro parado. Se você não sabe a quantidade de rolos de tecido disponíveis, qual a metragem de tecidos adquiridos ou mesmo aquilo que já utilizou ou vendeu, fica muito difícil manter qualquer tipo de controle.

Por isso, comece dando uma boa organizada no seu estoque, mensurando e qualificando tudo aquilo que você tem disponível. Ao comprar matérias-primas, não deixe de registrá-las no inventário assim que recebê-las na fábrica: toda e qualquer movimentação no estoque deve ser feita de imediato.

Mantenha o registro da data de chegada, quantidade de rolos, metragem, tipo de pano, cores e padronagens, preço e demais informações pertinentes para maior controle e organização do processo de produção.

Mantenha tudo em seu inventário

Você conseguiria encontrar, em tempo hábil, aquele tecido especial que o corte precisa, em meio a tantos rolos iguais e sem identificação? Preocupe-se caso sua resposta tenha sido negativa…

Para otimizar o tempo e aumentar a produtividade, adote padrões de controle. Crie mecanismos que facilitem o armazenamento e a localização de determinado item.

Para isso, faça uso de tecnologias e sistemas integrados que possibilitem que todas as informações fiquem disponíveis e acessíveis sempre que um funcionário precisar encontrar aquele rolo de tecido que a confecção está precisando.

A melhor forma de fazer isso é catalogando cada item com todas as informações necessárias e o local exato onde o item se encontra. Separe os tecidos por tipos ou por cores e, para cada rolo, especifique o nome, o código e a metragem disponível.

Além disso, caso não tenha sido utilizado todo o tecido na confecção, mantenha registrado quantos metros foram utilizados e quantos metros restaram.

Para sobras de tecidos, reserve um espaço no estoque para que sejam alocadas de maneira organizada e de forma que não se misturem aos rolos que ainda não foram utilizados. Não deixe de fazer o registro do que retornou do corte.

Adote um ERP para confecções para controle de estoque de tecidos

Controles manuais, planilhas ou outras formas de registros, por mais práticas que possam parecer, nem sempre trazem os melhores resultados.

Imagine ter que procurar nas centenas de folhas de um caderno onde determinado rolo está registrado — ou mesmo não saber ao certo tudo aquilo que tem disponível em estoque.

Com um sistema de gestão de estoque, todas as informações passam a ser integradas e centralizadas. Ou seja, entrada de pedidos, compra de materiais, ficha técnica de produção, remessas, fabricação, padronagem, controle de qualidade, distribuição, vendas, faturamento e demais dados gerados pelas inúmeras áreas passam a compor um único banco de dados. Fantástico, não é?

E o melhor: o software não precisa instalação, já que todo o sistema está em nuvem. Assim, o empreendedor passa a padronizar e uniformizar os processos, produzindo e acessando informações em tempo real.

Com um maior controle, os custos são reduzidos (ou mesmo eliminados) e os investimentos destinados ao que realmente oferece maior retorno.

Gostou do nosso post sobre controle de estoque de tecidos? Compartilhe conosco sua experiência, deixe seu comentário nos campos abaixo. Esperamos sua contribuição!

Quer saber mais? Baixe nosso Guia completo da Gestão de Estoque e conheça os 7 passos essenciais para uma gestão de estoque eficiente! 

Compartilhar

Fazer um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *