Contato

Guia de tecidos: materiais que nunca saem de moda

Montar uma coleção de roupas inovadora, estação após estação, não é um trabalho fácil: várias tarefas devem ser cumpridas até se alcançar o resultado final, com peças destacadas e que agradem o público consumidor de moda.

Entre as tarefas, além da pesquisa de referências, modelagem e styling, a escolha dos tecidos ocupa lugar importante.

As tendências dos materiais vêm e vão durante a mudança das estações e é preciso ficar por dentro àquelas que são mais relevantes para o seu segmento. Contudo, existem também os tecidos que nunca saem de moda e são indispensáveis em qualquer coleção.

Quer conhecer todos os detalhes sobre os diferentes materiais que nunca saem de moda? Continue a leitura!

Algodão

Tecido feito de fibras naturais, o algodão dispensa apresentações: seu toque macio, sua qualidade e seu caimento confortável são inconfundíveis, tanto para profissionais do mundo da moda quanto para os consumidores.

Além de ser atemporal e útil em todas as estações, o algodão apresenta uma característica interessante: é maleável, barato e muito versátil. Muito indicado para estilistas iniciantes.

A lã, assim como o algodão, é um tecido composto por fibras naturais. Feito, originalmente, de pelos de animais, é um tecido quente e ideal para estações como outono e inverno.

Atualmente, existem materiais como o cashmere, o crepe de lã e a flanela de lã: alternativas à lã pura, são feitos de fibras sintéticas. Tornam-se  boas alternativas caso a sua marca se posicione no mercado eco-friendly.

Linho

Um dos tecidos mais procurados entre os feitos de fibras naturais, o linho é um material nobre e sofisticado.

As suas principais características são a durabilidade e o toque suave — o que, além de garantir um bom caimento em peças de vestuário, permite que o tecido seja utilizado em roupas finas.

Tendências de tecidos

Veludo

As tendências dos anos 1990 voltaram com tudo para as passarelas nas últimas estações — e o veludo não poderia ficar de fora.

Esse tipo de tecido possui diversos acabamentos, como o molhado e o cotelê, e ambos estarão em alta ainda em 2018. Com toque macio e um quê sensual, o veludo pode ser usado em roupas de estilo sóbrio e até em lingeries.

O interessante do seu comeback é inovar nas combinações: nas décadas passadas, era comum utilizar esse tecido apenas em cores escuras. Atualmente, investir em cores claras e estampas garante uma estética reinventada.

Lurex

Outro clássico de décadas passadas — dessa vez, vindo diretamente dos anos 1980! O lurex vai ao encontro da tendência dos acabamentos metalizados, muito em alta nas últimas temporadas.

Apesar do ar de glamour do brilho, uma maneira de reinventar esse tecido é utilizá-lo em peças de estilo esportivo: combinação do luxuoso com o casual que veio para ficar. Outra forma interessante de apostar nesse material é utilizá-lo em acessórios: meias, echarpes e gargantilhas.

Gostou de saber mais sobre quais são os tipos de tecidos indispensáveis para a sua confecção? Para ficar por dentro de mais conteúdos como este, assine a nossa newsletter e receba as novidades do nosso blog diretamente na sua caixa de entrada!

Compartilhar

Fazer um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *