fbpx

RFID: uma nova realidade em processos logísticos

A logística abrange todos os processos possíveis envolvidos no fluxo de mercadorias, desde a produção até o cliente final; incluindo fabricação, distribuição e transporte. Assim, a sua gestão abarca todas essas etapas em combinação com as decisões de marketing, a demanda do cliente, a estratégia corporativa e os objetivos.

Geralmente considerada como um processo complexo e intenso, a logística pode se beneficiar muito da implementação da tecnologia RFID. Saiba mais sobre o assunto!

O que é RFID?

RFID significa “identificação por radiofrequência”, uma nova realidade para a logística. Não é apenas um substituto para códigos de barras! O RFID garante que os produtos certos estejam disponíveis no lugar certo sem discrepâncias e erros, fazendo a cadeia de abastecimento ser consideravelmente mais precisa e melhorando a eficiência e confiabilidade de toda a logística.

Como a informação é disponibilizada em tempo real, também processos de administração e de planejamento podem ser significativamente aprimorados.

Quais são os benefícios do RFID?

  • Automação: permite a redução de processos manuais por meio de digitalização automatizada. Essa nova entrada de dados melhora a produtividade, permitindo que os recursos sejam realocados para atividades de maior valor;
  • Integridade: melhora a integridade das informações da cadeia de suprimentos em tempo real, com o aumento da autenticação e capacidades de segurança e monitoramento, reduzindo os erros, melhorando a satisfação do cliente;
  • Velocidade: reduz o tempo gasto para encontrar e rastrear ativos necessários, o que, por sua vez, aumenta o fluxo de produtos e manuseio;
  • Visão: fornece a informação necessária em tempo real para tornar mais rápido e embasado o processo de tomadas de decisão, sendo mais ágil também para o cliente;
  • Capacidade: fornecimento de novas aplicações de qualidade para atender às demandas de parceiros nos processos logísticos e melhorar a experiência dos clientes.

Além da autenticação mais rápida dos bens produzidos, os fabricantes podem se beneficiar de uma maior informação recolhida com a ajuda da RFID. As etiquetas RFID podem armazenar muito mais informações do que aquelas de código de barras convencionais. Essa informação pode ser usada para otimizar os processos de produção.

O conhecimento exato dos movimentos em tempo real de matérias-primas e o tempo necessário para as etapas de produção específicos podem ser integrados a um planejamento de produção mais eficiente.

Como o RFID auxilia na organização?

Com a ajuda de RFID, os fabricantes também podem se beneficiar de uma maior oferta de informação no que diz respeito à identidade de seus produtos. Todos os produtos são rastreáveis através das tags RFID e assim podem melhorar todo o processo de segurança da marca, facilitando a conferencia em todas as movimentações de produtos, evitando desvios internos de mercadorias e também identificando falsificações . Logo, com o RFID também há menos trabalho manual, menos custos, e melhor planejamento nos processos de segurança, pois com as informações de rastreamento os produtos podem ser auditados em várias etapas do processo de manuseio interno e posteriormente na comercialização.

A informação que é reunida com a RFID pode levar a melhorias significativas como o controle e o manuseio dos produtos — que pode ser feito em tempo real e com grande precisão. No estoque, os produtos são facilmente localizados como também todos os movimentos de produtos são rastreados, e essa informação é automaticamente registrada no sistema. Enquanto o estoque é controlado com informações valiosas, as perdas também são registradas.

O RFID é capaz de otimizar — e muito — os processos logísticos, aumentando a produtividade e a organização de toda a cadeia e da gestão empresarial.

Gostou de saber? Que tal compartilhar esse post nas suas redes sociais e espalhar o conhecimento?

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ