fbpx

Sistema VerUP está pronto para lei de emissão de NF. A atualização de plataforma não exige investimentos por parte dos usuários do sistema.

Até o final de 2014, 900 mil varejistas e comerciantes de São Paulo precisarão se adequar às regras que preveem um novo mecanismo de emissão dos cupons fiscais. 

O SAT (Sistema de Autenticação e Transmissão) e a Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica (NFC-e) substituem os atuais cupons fiscais (ECF), possibilitando mais segurança e celeridade ao processo de gerenciamento de caixa. Na prática, o empresário deverá optar por um dos sistemas.

Entre as facilidades do SAT (também conhecido como Cupom Fiscal Eletrônico – CF-e) está a utilização de um único equipamento para vários check-outs, necessitando de uma conexão de internet somente na hora de fazer a transmissão dos dados acumulados, o que pode ocorrer ao final do expediente, por exemplo.

Os novos emissores de cupons fiscais custam 50% menos que os atuais (R$ 1.500,00, em média) e podem ser compartilhados por impressoras, redes sem fio e, principalmente, caixas.

Na nuvem e sem gastos extras

Único sistema 100% em nuvem, o ERP da VerUP não requer investimentos extras com atualizações, ou seja, o comerciante não precisará arcar com novas versões a cada mudança na legislação: “Estamos prontos para quaisquer alterações na legislação”, diz Rita Achkar Merlo, gerente de produto (varejo) da VerUP. “Sem estresse, sem treinamento e sem novos investimentos”, complementa.

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ