fbpx

Tabela de preços e outros benefícios de um ERP para sua confecção

A maneira como uma empresa organiza os seus processos de gestão gera um grande impacto nas receitas do negócio em médio e longo prazo.

Nesse contexto, o investimento em tecnologia deve ser visto como um fator estratégico, que garante mais competitividade ao negócio e torna a prestação de serviços mais eficiente.

Os sistemas de gestão integrada, também chamados de ERP, destacam-se como ferramentas prontas para tornar uma série de serviços e rotinas eficientes e precisas. Isso vale, principalmente, para as confecções.

Quer entender quais são os benefícios proporcionados pelo uso desse tipo de software na sua confecção? Então acompanhe o nosso post de hoje!

 

1. Otimização da aplicação da tabela de preços do negócio

A existência de uma tabela de preços bem organizada terá uma influência direta nos lucros da empresa e na sua capacidade de vender mercadorias por um preço competitivo.

Nesse sentido, o ERP pode ser visto como uma ferramenta que dá, aos times de marketing e vendas, a capacidade de modificar a tabela de preços de acordo com os históricos de vendas de cada item disponível do estoque. Consequentemente, o tempo necessário para esta atualização será reduzido drasticamente.

Por funcionar com alta integração, o ERP facilita a distribuição de descontos sobre categorias de produtos. Os preços são modificados automaticamente, dando mais agilidade para o negócio definir as suas ofertas e reduzir falhas de lançamento.

Isso evita uma série de erros causados pela falta de alinhamento de informações, algo frequente quando o negócio utiliza planilhas manuais para controlar os preços de seus produtos.

2. Possuir uma equipe de profissionais integrados auxilia a empresa a ter uma cadeia operacional de alta performance

Possuir uma equipe de profissionais com alta integração auxilia a empresa a ter uma cadeia operacional de alta performance. Quando isso ocorre, pessoas podem definir estratégias em conjunto, aumentando o desempenho das vendas e satisfação dos consumidores. Ao mesmo tempo, a colaboração entre profissionais reduzirá erros em várias rotinas.

Com os sistemas de gestão integrada, a empresa terá um ambiente centralizado para verificação de todas as informações. Analistas de vendas visualizarão registros sobre outros setores com precisão. Ao mesmo tempo, o setor de logística conseguirá levantar informações sobre remessas rapidamente, enquanto que a fábrica, tendo ciência dos níveis de estoque das lojas, poderá se programar para manter a entrega da produção sempre em dia. 

3. Melhoria dos processos de tomada de decisão

Para alcançarem um alto nível de eficiência, os processos de tomada de decisão devem contar com dados precisos e atualizados em tempo real.

Isso impede que gestores tomem decisões equivocadas, baseadas em uma visão errônea sobre a situação do negócio e o seu posicionamento no mercado. Nesse sentido, o investimento em um bom ERP é algo que impactará diretamente várias decisões tomadas pela empresa.

Por permitir o armazenamento de inúmeros registros sobre a confecção, o sistema de gestão integrada funcionará como uma solução para analistas que buscam formas mais simples de verificar o histórico de vendas de um produto ou o impacto de uma ferramenta nos resultados da empresa.

Esses fatores afetarão diretamente os processos de Business Intelligence (BI) –  ferramenta complementar aos sistemas ERP, o BI permite explorar detalhadamente as informações de sua empresa, áreas de negócios e departamentos através de consultas rápidas, relatórios dinâmicos, ferramentas de análise e visualização intuitiva, tabelas integradas e painéis de perspectiva detalhada da operação. – Com esses dados em mãos, analistas terão uma visão ampla sobre toda a empresa e sobre a maneira como os seus serviços afetam a relação com os consumidores. Consequentemente, novas fontes de receitas podem ser criadas a partir de processos analíticos. 

4. Maior automação

A automação em processos corporativos pode trazer um grande ganho de produtividade para uma confecção. Com o investimento em um bom ERP, a empresa pode eliminar uma série de processos, uma vez que seus departamentos passam a trabalhar de forma integrada. Assim, custos operacionais e falhas humanas são reduzidos, aumentando os resultados do negócio.

Quando uma venda for efetuada, por exemplo, o setor de estoque receberá um alerta para a separação da mercadoria. Ao mesmo tempo, os profissionais da logística estarão prontos para preparar o envio do item pela rota mais eficaz. Dessa forma, a entrega de produtos é feita em prazos curtos e com baixo índice de perdas, aumentando as chances do cliente ser fidelizado.

Quer saber se já chegou a hora de automatizar processos no seu negócio? Veja o nosso post sobre o tema e descubra 5 sinais de quando a automação é uma boa escolha!

NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ